SITUAÇÕES DE RISCO

 

Uma situação de risco se caracteriza pela exposição do indivíduo a circunstâncias que possam causar danos à sua saúde. O sexo sem camisinha com parceiro desconhecido e o uso de seringas e agulhas não-descartáveis são situações de risco, pois implicam na possibilidade de se contrair doenças, como as DST e a AIDS.

As situações de risco mais comuns nos casos de HIV/AIDS são:

  • relações sexuais desprotegidas (sem o uso do preservativo), anais, vaginais e orais.
  • compartilhamento de agulhas e seringas contaminadas.
  • transfusão de sangue infectado.
  • de mãe para filho, inclusive pela amamentação.

Não são consideradas situações de risco:

  • beijo, toque, abraço, aperto de mão.
  • compartilhamento de toalhas, talheres, pratos.
  • suor ou lágrimas.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

=